Compras em Orlando

COMPRAS EM ORLANDO

 

 

Compras!!! Muitas pessoas me perguntam em qual cidade é melhor comprar: Miami, Orlando, Nova York… Eu sempre respondo que não importa a cidade, desde que você saiba onde, quando e como comprar.

Aqui falamos de compras em Orlando, mas é claro que tudo que está escrito se aplica a qualquer lugar dos Estados Unidos.

A minha pretensão é ensinar você a comprar roupas, sapatos e acessórios de qualidade a preço de banana! Muitas pessoas têm prazer em comprar peças caras para se sentirem chiques. Eu tenho prazer em comprar peças de qualidade muito baratas.

Quando falo em qualidade me refiro a itens de marcas reconhecidas internacionalmente e que no Brasil custam caro, como, por exemplo, Lacoste, Tommy Hilfiger, Calvin Klein, Gucci, Guess, Coach, Old Navy, Armani Exchange, Victoria’s Secret, Abercrombie, DKNY, Michael Kors, Nautica, Polo Ralph Lauren, Gap, Carter’s, Gymboree, Nike, Puma, Levi’s e tantas outras…


ONDE COMPRAR:

1) Outlets

Os Outlets são muito famosos por reunirem mais de cem lojas em um único espaço e por oferecerem muitas promoções. Os mais famosos de Orlando são os Premium Outlets, localizados na International Drive e na Vineland Avenue. Em tese, as roupas oferecidas nos Outlets pertencem a temporadas passadas ou vieram direto da fábrica e são vendidos nas chamadas Factory Stores.

Antes de viajar, faça cadastro no site dos Premium Outlets para conseguir cupons de desconto. Link: https://www.premiumoutlets.com/vip/viplounge.asp. Vale muito à pena imprimir e levar esses cupons.

Quando chegar a um Outlet sempre procure pela central de atendimento ao cliente e compre um livreto de descontos. Geralmente custa em torno de U$ 10 e você receberá cupons de todas as lojas. Na primeira loja que você for já recebe de volta do investimento e muito mais, pois os descontos variam de 10 a 20%.

2) Malls (os nossos shoppings centers)

Nos Malls as lojas oferecem as roupas da temporada atual. Há inúmeras promoções nos Malls que não perdem muito para as lojas dos Outlets. Os shoppings mais famosos de Orlando são o Florida Mall e o The Mall at Millenia.

Em ambos os Malls é possível retirar, gratuitamente, um livrinho de cupons de desconto no balcão de informações, apresentando um voucher que você imprime do site dos shoppings citados.

No Florida Mall o balcão de informações fica no primeiro piso e no The Mall at Millenia o Concierge também fica no primeiro andar.

3) Lojas de Departamento

As lojas de departamento oferecem preços incríveis porque são enormes e compram em quantidades muito grandes. Elas oferecem pontas de estoque de todas as principais marcas que os brasileiros gostam, pelo dízimo do preço que você pagaria na loja da própria marca. O único problema é que todas as marcas ficam misturadas, separadas apenas por tamanho. É necessário garimpar um pouco para selecionar as peças de interesse. Mas, compensa muito!

É nesse tipo de loja que você vai encontrar as melhores ofertas! Os americanos não compram nos Malls nem nos Outlets porque acham caro. Para nós, todavia, é tudo bem barato. Mas, então, onde os americanos compram? Eles compram nas lojas de departamento. Comparando com os preços do Brasil, as lojas de departamento vendem à preço de banana! É nessas lojas que eu quero ensinar você a comprar…

A minha loja preferida é a Macy’s. A loja é enorme, organizada, bonita, tem a maioria das marcas mais famosas de roupas, sapatos, bolsas, relógios, cosméticos e até artigos para casa. Além disso, na Macy’s há promoções excelentes que superam qualquer Outlet. Há lojas da Macy’s nos principais shoppings de Orlando (Florida Mall, The Mall at Millenia, Orlando Fashion Square etc).

Como a Macy’s há diversas lojas de departamento gigantescas. Gosto muito da Marshalls, da Rossa, da T.J. Maxx, da Burlington, da Bloomingdale’s, da Saks 5h Avenue, Sears e por aí vai…

Na minha última viagem a Orlando, eu não entrei em nenhuma loja de marca específica, eu apenas fui às lojas de departamento e comprei todas as marcas com preços muito acessíveis. Mais adiante vou dar alguns exemplos…


QUANDO COMPRAR:

Nos EUA as melhores promoções acontecem em vésperas de feriados e finais de semana. No planejamento da sua viagem é bem interessante levar isso em conta e marcar sempre para viajar em datas próximas de feriados nos EUA. Eu me lembro de ter encontrado roupas da Ralph Lauren com 65% de desconto na Macy’s às vésperas do Labor Day (Dia do Trabalho).

Durante o famoso Black Friday, que acontece no dia seguinte ao Thanksgiving, todas as lojas entram em promoção. Mas, os americanos estarão lá para disputar item por item. O tumulto é grande. Então, para quem não está disposto a enfrentar filas na madrugada, fique sabendo que na semana anterior também há incontáveis descontos.

Mas, se não der para aproveitar os feriados, saiba que nos finais de semana também são oferecidos muitos descontos. Jamais marque compras para uma segunda-feira. As etiquetas estarão com preços cheios e a mesma peça que esteve com 50% de desconto no domingo estará lá exposta sem nenhum desconto.


COMO COMPRAR:

Agora que você já sabe em que lojas comprar e quando ir às compras, vou explicar como comprar!

Para começar, você deve buscar cupons de descontos. Os americanos têm uma indústria de cupons de descontos. Para tudo sempre haverá um cupom. Em qualquer loja que você for procure saber se há cupons de descontos para turistas. Na Macy’s, por exemplo, basta procurar a central de atendimento ao cliente (customer service), apresentar o passaporte e pedir o cupom de desconto. Você receberá um cupom de 10% de desconto válido por 30 dias e que pode ser usado quantas vezes você quiser.

Penso que não podemos nos restringir às marcas já consagradas e conhecidas dos brasileiros, pois há milhares de outras marcas de excelente qualidade e que não são procuradas simplesmente por falta de conhecimento. O fenômeno que acontece, principalmente, com a Tommy Hilfiger é impressionante. Os brasileiros veneram tanto a marca que as lojas contratam funcionários brasileiros e até as plaquinhas de descrição das mercadorias são em português. Na loja a língua oficial é o português. Eu acho que essa preferência toda se dá em razão de a marca ser muita cara no Brasil, enquanto que nos EUA os preços são bem acessíveis. Mas, repito, existe uma infinidade de outras marcas tão boas quanto a Tommy e até melhores. Então, abra o seu leque de possibilidades dentro das lojas de departamento e não se prenda às marcas mais conhecidas. Explore tudo!

Vou citar alguns exemplos de itens que comprei em lojas de departamento para ilustrar o que estou falando sobre os preços. Na Marshalls, por exemplo, uma calça da Michael Kors que custa geralmente mais de U$ 100 (cem dólares) pode ser facilmente encontrada por U$ 30 (trinta dólares).

Na Bloomingdale’s é possível encontrar roupas de grife com descontos inacreditáveis. Por exemplo, comprei uma calça lindíssima que originalmente custava U$ 280 (duzentos e oitenta dólares) por U$ 40 (quarenta dólares) e um vestido da Vince Camuto, que é uma marca legal, custava U$ 168 e eu o encontrei em uma arara por U$ 49.98. Mas, observe na foto abaixo e veja que existe a palavra “reduced” escrita na etiqueta verde. Isso significava desconto de 40% no caixa. Assim, meu lindo vestido saiu por míseros U$ 19.99!

Outro exemplo: um vestido Aqua que custava originalmente U$ 98.00 (conforme etiqueta abaixo), sofreu redução para U$ 73,50, depois caiu para U$ 51,45 e por fim eu o encontrei por U$ 26.99. Mas, não páram por aí os descontos, pois, como eu já disse, a etiqueta verde significava mais 40% de desconto no caixa. Então, esse vestido saiu por U$ 13,79!!!

Roupas de criança, por exemplo, da Nautica, que não é uma marca barata nem nos EUA, podem ser encontradas por menos de U$ 10 (dez dólares) na Bloomingdale’s.

Em outra ocasião comprei um óculos de sol da Gucci por U$ 90 (noventa dólares) na Saks. Quando a caixa da loja começou a me atender, foi logo dizendo que não havia estojo para óculos de sol comuns, mas quando ela pegou e viu que se tratava de um óculos chiquérrimo, ela disse: “Wow, it’s Gucci!” e foi logo buscar o estojo chique do meu óculos perfeito. Saí de lá me achando rica! Tenho até medo de perguntar o preço de um óculos da Gucci aqui no Brasil, mas sei que a conversa começa em R$ 500 (quinhentos reais) e o céu é o limite.

O mesmo acontece com os calçados, tanto adulto quanto infantil. Nas lojas de departamento existem prateleiras lotadas de sapatos, tênis, botas, sandálias, separados por numeração, com preços muito bons.

Um Crocs infantil que aqui no Brasil custa em torno de R$ 100 (cem reais), nos EUA vai custar algo em torno de U$ 40 (quarenta dólares). É possível você encontrá-lo em Outlets por U$ 20 (vinte dólares) em alguma promoção muito boa. Nas lojas de departamento você encontrará Crocs por $10 (dez dólares).

Encontrei um lindo sapato preto, com salto médio, tipo scarpin, da Calvin Klein, por menos de U$ 30 (trinta dólares) na Saks 5th Avenue.

Sobre sapatos, preciso alertar que a maioria dos sapatos americanos são feitos de materiais sintéticos. Os sapatos brasileiros de boa qualidade são feitos de couro, inclusive solado. No exterior os sapatos brasileiros são famosos pela beleza e qualidade. A gente sempre acaba comprando algum sapato de marcas como Coach, Guess, Michael Kors, que são de boa qualidade. Mas, que fique registrado que os sapatos brasileiros são muito melhores. Compre tênis nos EUA, esses sim valem muito à pena! É fácil encontrar tênis que aqui custam acima de R$ 500 (quinhentos reais) por cerca de U$ 100 (cem dólares).

Essa observação não se aplica às roupas, pois as roupas americanas são infinitamente melhores que as brasileiras. Elas não estragam facilmente, podendo ser lavadas à máquina sem risco de encolher ou encher de bolinhas. Possuem mais algodão no tecido e por isso são mais resistentes.


DICAS:

De forma mais objetiva, vamos às principais dicas de como comprar em Orlando:

PRIMEIRA DICA: Faça uma lista dos itens que você precisa comprar e das marcas de sua preferência. Ao chegar, pegue um mapa do Outlet ou Mall e faça seu roteiro de compras. Essa providência é muito importante e fará com que você não desperdice seu dia de compras, vagando em um shopping gigantesco e andando pelas lojas sem objetivo, pegando tudo que vê pela frente de forma desordenada, correndo risco de gastar dinheiro à toa com itens que nem vai usar. Como os preços são muito convidativos, a tendência é comprar tudo pela oportunidade. Mas, resista à tentação e compre com consciência.

SEGUNDA DICA: Ao entrar em qualquer loja não olhe para as roupas! Como assim? Eu explico. Primeiro, vá aonde tem descontos. Nas lojas você verá a indicação “Sale”, que significa que aqueles produtos estão em promoção, ou seja, com uma redução do valor. Você também verá a indicação “Clearance”, que significa liquidação, queima de estoque, o que indica que os produtos geralmente são pontas de estoque, estão com redução de preço para limpeza do estoque.

Geralmente a seção de CLEARANCE estará no fundo da loja. Lá é onde você encontrará os itens com preço de banana!  Toda loja tem uma e os preços são realmente espetaculares. Depois de uma completa varredura, se for o caso, você dá uma geral na loja toda. Mas, antes de tudo, ocupe-se de procurar as barganhas em clearance.

Na seção Clearance vai haver uma plaquinha indicando a porcentagem do desconto. É sempre bom perguntar a um funcionário se os descontos já estão inclusos no preço da etiqueta ou se serão aplicados no caixa. Assim, você terá segurança para saber quanto de desconto irá conseguir em cada peça.

TERCEIRA DICA: Escolha todos os itens primeiro e depois vá ao provador uma única vez para não perder tempo, indo e voltando. As lojas são muito grandes e se não houver uma otimização do tempo você perderá o dia todo em apenas uma loja de departamento.

QUARTA DICA: Diversifique. Vá a diferentes lojas, pois em cada uma haverá promoções diferentes e itens diferentes. Até mesmo na mesma loja, em outro endereço, você encontrará diferentes opções.

QUINTA DICA: Nunca compre sem experimentar. Os tamanhos variam de marca para marca. Além disso, uma roupa que esteja linda no cabide pode não ficar bem no corpo e vice-versa. Segue tabela para auxiliar na conversão dos tamanhos de roupas e sapatos:

SEXTA DICA: Alugue um carrinho de compras para não perder sacolas pelo caminho. Mantenha suas compras sempre com você e nunca as leve para o carro até a hora que você realmente estiver indo embora. Há muitos ladrões que ficam nos estacionamentos arrombando carros para furtar sacolas nos porta-malas. Há mais sobre este assunto no post sobre segurança. Para ler mais, clique aqui.

SÉTIMA DICA: Ao chegar no hotel ou na casa alugada, tão logo seja possível, retire tudo das sacolas, tire as etiquetas, dobre e coloque nas malas. Essa providência serve para duas coisas: 1) para evitar furtos, caso esteja em hotel; 2) para que você saiba o que comprou e exclua da sua lista de compras, facilitando o próximo dia de voltar às lojas. Acredite, é impossível lembrar de tudo, após um dia inteiro comprando.

OITAVA DICA: Seja sempre simpático e cordial. Os americanos são muito gentis e apreciam isso nas pessoas. Eles são atenciosos, tentam conversar, esforçam-se para ajudar e fazem elogios às suas crianças… Além de fazer muito bem à saúde ser educado com as pessoas e passar uma boa impressão do nosso país lá fora, alguns sorrisos e gentilezas costumam render mais cupons de desconto. Geralmente, os caixas das lojas têm cupons de desconto extras e presenteiam alguns clientes com eles, especialmente os mais simpáticos e que compram bastante.

NONA DICA: Ao comprar eletrônicos, guarde a nota fiscal. Você precisará dela caso tenha que apresentar à Receita Federal do Brasil, para provar que está dentro da cota permitida de U$ 500 (quinhentos dólares) ou para calcular o imposto a ser pago, se for o caso. Os brasileiros têm direito de trazer um celular e uma câmera fotográfica, que são considerados itens de uso pessoal. Mas, têm que pagar imposto de importação sobre iPads, notebooks e outros equipamentos eletrônicos. Para mais informações, sugiro a leitura das normas da Receita Federal, clicando aqui.

DÉCIMA DICA: Essa não é propriamente uma dica, mas um esclarecimento. Nos EUA o imposto sobre venda de mercadorias é chamado de sales tax e é pago à parte, ou seja, não está embutido no valor das mercadorias. Na Flórida varia de 6 a 7%. Muitas pessoas perguntam sobre a possibilidade de obter devolução desse imposto, como ocorre na Europa. Lá na Europa, desde que você solicite em cada loja a nota fiscal e formulário específico para obter devolução, poderá apresentar no aeroporto essa documentação e receber devolução em dinheiro ou via cartão de crédito de parte do imposto pago. Ocorre que, nos EUA, somente no Estado da Lousiana há a possibilidade de reaver esses impostos. Assim, não há hipótese de devolução de impostos no Estado da Florida.

 


15 Comments

  1. Carmen Lucia

    Olá boa noite. Adorei todas as dicas.
    Tenho uma duvida com relação ao horário de funcionamento dos Mall e outlets e demais lojas. Estarei em Orlando em setembro/2016. Gostaria de saber qual horário de funcionamento em Orlando.Alguma recomendação de compras para essa época do ano?
    Grata
    Carmen

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Olá Carmen!
      No link a seguir há informações quando ao horário e o endereço dos shoppings de Orlando: http://www.brasileirandonoseua.com.br/compras-em-orlando/
      Lá também há muitas dicas sobre compras.
      Obrigada pelo contato!
      Denise

      Reply
  2. Paulo

    Denise, estou pretendendo ir à Miami somente para comprar roupas masculinas em Outlet. O preço, mesmo com dólar alto, continua valendo a pena, ou você aconselha esperar até a situação melhorar?

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Oi Paulo!
      Obrigada pelo comentário…
      Se você pesquisar bastante, ainda vale à pena comprar roupas nos EUA. Aproveite nossas dicas, principalmente as do post “Aprenda a viajar em tempos de dólar alto”.
      Att.,
      Denise

      Reply
  3. Bruno Tavares

    Denise, boa noite.

    Muito obrigado por responder 😀

    Me tira uma dúvida, vale a pena ir no Kissimmee Clearance Center(para comprar na Tommy)?

    Também estou na dúvida se ainda vale a pena ir nos Outlets, já que pelo que li, as lojas de departamento estão com preços melhores. Certo?

    Abraços

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Oi Bruno!
      Obrigada pelo contato!
      O Kissimmee Clearance Center vale MUITO à pena. A Tommy Clearance vende com descontos de até 70%. Além disso, no mesmo comércio tem a loja da Nike, da Converse e da Hurley. Todas com ótimos preços! De quebra, vc ainda pode fazer compras na Dollar Tree, que vende tudo a U$ 1.
      De fato, os Outlets não praticam os melhores preços. As lojas de Departamento acabam oferecendo promoções melhores. Em todo caso, é sempre bom pesquisar.
      Abraços,
      Denise

      Reply
  4. Bruno Tavares

    Pessoal, estou indo agora no Black friday em Orlando. Como andam os preços? Estou indo precisamente para comprar roupas de criança. Entre 3-8 anos.
    Muito obrigado,
    Bruno

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Oi Bruno!
      Apesar do dólar alto, você ainda encontra muitas roupas de criança com preços que valem muito à pena. Siga as nossas dicas que você irá economizar bastante!
      Há muitas opções para crianças em lojas de departamento: Macy’s, Marshalls, Ross, Burlington, Bloomingdale’s e nos shoppings você encontra ótimos descontos nas lojas Carter’s, Gymboree e Gap Kids. Se procurar vai achar peças abaixo de U$ 5!
      Boas compras!
      Denise

      Reply
  5. Pingback: Aprenda como viajar em tempos de dólar alto - BRASILEIRANDO NOS EUA

  6. Larissa

    Noss adorei seu blog. Parabéns!!!! Me ajudou bastante. Queria te pedir um favor vc sabe onde as pessoas que compram mercadorias para revenda inseguro encontrar sapatos tipo ralph lauren para crianças? Bjsss

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Obrigada, Larissa! Que bom que o Blog está ajudando. Fico feliz em saber!
      Nas lojas de departamento sempre é possível encontrar sapatos de crianças de marcas famosas. Na Macy’s sempre tem calçados de criança da Ralph Lauren, Michael Kors, Lacoste, etc. Nem sempre os preços são convidativos. É bom ir em véspera de feriados e conseguir cupons de desconto. Também já vi na Marshalls e na Ross, mas em menor quantidade e sem muita variedade de tamanhos. Mas, vale à pena garimpar, porque os preços são ótimos.
      Abraços,
      Denise

      Reply
  7. Judson Targino

    Olá,
    Gostaria de parabenizar pelas dicas e a maneira que didática que apresentaram os lugares de compra com seus endereços…
    Muito bom!!

    Reply
  8. Gian

    Quem não gosta de comprar bem e barato não é? Aqui encontramos todas as dicas e lugares para conseguir isso. O post é superinteressante. As novidades que os leitores agregam ajudam muito o site e as compras, como o da Diana logo acima. Parabéns Brasilerandos nos EUA.

    Reply
  9. Diana

    Olá Denise!! Realmente a diferença de preço eh impressionante. Se fosse para ir em apenas um shopping ou dois no máximo, qual (quais) recomendaria em Orlando? Quanto ao imposto de 6 a 7%, descobri em minha recente viagem a NY, que havia um outlet em N. Jersey sem esse imposto! Fui e comprovei. Em orlando, pelo visto,não tem nenhum pelo visto neh?Abracos, Diana

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Oi Diana!
      Acho que se fosse para escolher, eu iria ao The Mall at Millenia e a um dos 2 Premium Outlets.
      Que eu saiba não há shoppings em Orlando que ofereça isenção do imposto, não…
      Obrigada pelo comentário! Abraços, Denise.

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *