Primeira viagem

PRIMEIRA VIAGEM

 

Vamos planejar juntos a sua primeira viagem pra Disney?

 


 A primeira viagem é sempre precedida de muitas dúvidas e um pouco de insegurança. Para auxiliar no planejamento da sua primeira viagem buscamos as informações mais importantes para dar início ao planejamento, desde as questões burocráticas até a definição do destino, da melhor época, da hospedagem, além de assuntos como: aluguel de carro, seguro etc.

1) PASSAPORTE: A providência inicial é solicitar o passaporte, que é o documento de viagem necessário para sair do Brasil. Vá ao site da Polícia Federal e siga as instruções quanto ao preenchimento do formulário de solicitação, pagamento da taxa e agendamento para comparecer ao posto da Polícia Federal mais próximo para coleta de digitais e foto. Feito isso, dentro de poucos dias, o pretenso viajante estará munido de seu passaporte.

2) VISTO: O segundo passo é a obtenção de visto para entrada nos EUA. Para requerer o visto, entre no site oficial de informação e agendamento de visto de não-imigrante. Nesse site tem o link para o preenchimento do formulário D-160 eletronicamente. Nesse mesmo site se paga a taxa de solicitação de visto e se faz o agendamento para coleta de digitais e foto no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto). No caso de solicitação de visto pela primeira vez também é necessário o agendamento de entrevista no Consulado mais próximo. A visita ao CASV deve ser feita antes da entrevista no Consultado. As duas entrevistas podem ser agendadas para a mesma data, sendo no CASV de manhã e no Consulado à tarde. Feita a entrevista no Consulado, você será informado quanto à aprovação ou não do seu pedido de visto. Em sendo aprovado, dentro de uns 10 dias seu passaporte, com o visto americano, chegará na sua residência ou você poderá retirá-lo no CASV. A escolha é sua e não é preciso pagar nada a mais para receber em casa (melhor opção).

 

 Vale esclarecer que, se você não mora em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, terá que viajar até o Consulado mais próximo para a entrevista, na primeira vez que solicitar o visto, pois nas demais cidades não há serviço de emissão. Nas renovações não há necessidade de comparecer aos Consulados, a não ser em casos excepcionais, em que as autoridades consulares convocam os solicitantes para entrevista (por e-mail ou carta), após a coleta de digitais e foto no CASV.
Sobre a entrevista, leve todos os documentos que demonstrem que você tem meios de pagar pela viagem e prova de que você tem raízes no Brasil e, portanto, não pretende se aventurar por lá como imigrante ilegal. O documento mais relevante e que é solicitado é a Declaração de IRPF, mas à seu critério, também poderá apresentar outros documentos, tais como: Escrituras de imóveis, documentos dos carros, contracheques, cartões de crédito etc. Fique tranquilo, seja honesto, não fale nada além do que for perguntado, responda com seriedade e confiança. Pode ser que nenhum documento seja pedido, mas é melhor levar… Nunca se sabe…
Lembre-se de iniciar todo esse processo com um prazo razoável de antecedência. Recomendo uns 3 meses, porque são muitas idas e vindas.
Vencida a parte burocrática da coisa, vamos ao que interessa… o planejamento da viagem! Para tudo nesta vida é necessário fazer um planejamento se quisermos ter êxito.

3) DESTINOS: Os destinos mais procurados são as cidades de Miami e Orlando (Estado da Flórida), Nova York (Estado de Nova York),  Los Angeles e São Francisco (Estado da Califórnia), Las Vegas (Estado de Nevada), Washington, DC (capital dos EUA) e Atlanta (no Estado da Geórgia).
É bom verificar o mapa dos EUA para definir o destino:
É realmente muito engraçado ver que muitas pessoas não tem a menor noção geográfica. Muita gente acha que a Disney fica em Miami ou até acha que a cidade se chama Disney… Bem, o parque temático Walt Disney World fica na grande Orlando, no Estado da Flórida. Miami fica no sul da Flórida, a uma distância de 380 km de Orlando. Nova York está localizada no nordeste do país, a 3 horas de vôo de Miami. Las Vegas está do outro lado do país, no Estado de Nevada. Portanto, realmente longe de Miami. E a Califórnia? A Califórnia fica também do outro lado, na Costa Oeste, banhada pelo Oceano Pacífico. Ainda mais longe de Miami.
Estamos falando de um país de proporções continentais. Então, é melhor programar bem a viagem, se quiser atravessar os EUA. Combinar em uma mesma viagem ir a Miami e a Los Angeles, por exemplo, tem que ser algo bem pensado, pois demandará um vôo doméstico bem longo e tempo para deslocamentos.

 4) PASSAGENS AÉREAS: Após essa noção básica de geografia, é hora de definir o destino e comprar as passagens aéreas. Há várias empresas aéreas que voam do Brasil para os EUA. As principais são: TAM, Delta, Copa, Gol, US Airways, Azul etc…  É uma boa idéia consultar os preços em sites que mostram todas as companhias que fazem o trecho pretendido, como o Submarino Viagens. Assim, rapidamente você terá idéia dos valores e horários. Os vôos mais baratos levam muitas horas, por causa de demoradas escalas, que fazem com que sua viagem dure cerca de 24 horas em trânsito. Os vôos diretos saindo, por exemplo, de Brasília para Miami duram cerca de 7:30. Esses vôos diretos são a oitava maravilha do mundo porque você não chega morto de cansaço. Mas, de regra, custam mais caro. Claro que se você souber pesquisar pode conseguir um vôo direto pelo mesmo preço do famigerado vôo pinga-pinga. Se for viajar com crianças pequenas, faça um bem a todos: compre um vôo direto! O site Melhores Destinos possui um excelente app que avisa toda vez que surgem promoções de passagens aéreas. O detalhe é que essas promoções oferecem os melhores preços para vôos em datas mais próximas, contrariando a idéia de que comprar com mais antecedência garante melhores preços. A regra é pesquisar sempre e não se prender a fórmulas prontas.

5) HOSPEDAGEM: Resolvido isso, é hora de reservar o hotel ou alugar uma casa. Vamos comentar a seguir as duas opções, mais especificamente para a cidade de Orlando:

5.1) HOTÉIS
Orlando tem uma infinidade de hotéis, para todos os gostos e bolsos… Mas, para a média dos turistas, que procuram conciliar preço e conforto, recomendo hotéis próximos à International Drive, para estar perto dos parques da Universal, do SeaWorld e dos outlets. A Disney, no entanto, fica um pouquinho mais distante, na cidade de Lake Buena Vista. Caso o foco da viagem seja a Disney, recomendo hospedagem em Kissimmee, Clermont, Lake Buena Vista etc, ou seja, nas proximidades da Disney, onde há uma infinidade de condomínios com apartamentos e casas para aluguel por temporada. Outra opção interessante para aqueles cujo interesse é quase que exclusivamente a Disney é ficar hospedado nos resorts da própria Disney. Lá tem muitos hotéis, de todas as categorias. Para os hóspedes há transporte gratuito de todos os hotéis para todos os parques (e vice-versa). Também buscam no aeroporto e levam na volta. Tudo incluso no pacote do hotel. Os melhores sites para buscar hotéis são: Submarino Viagens, Decolar, TripAdvisor e Booking.

5.2) CASAS PARA ALUGUEL POR TEMPORADA
Melhores que os hotéis são as casas ou apartamentos disponíveis para locação por temporada na grande Orlando. Há milhares de imóveis mobiliados e bem decorados em condomínios fechados, com área de lazer completa (piscina, sauna, academia, quadras de tênis, etc). As casas são bem espaçosas e possuem tudo que se possa imaginar. O hóspede só vai precisar levar as próprias roupas e fazer uma compra pequena, caso queira cozinhar. A hospedagem em casas sai muito mais barata que em hotel (muito mesmo), principalmente porque acomodam de 6 a 18 pessoas, a depender da quantidade de quartos, pelo preço único da diária. É muito mais conforto, espaço e privacidade por um preço bem mais acessível. Além disso, as casas são muito mais seguras que os quartos de hotéis, principalmente depois da onda de assaltos que vem ocorrendo recentemente em Orlando.
Oferecemos excelentes casas em Orlando para aluguel por temporada, em condomínios fechados, com ótimos preços e a poucos minutos da Disney!

 A escolha do hotel ou da casa vai ser orientada pelo seu bolso. Se a opção for por hotéis, sugiro que escolham hotéis próximos aos locais de interesse durante a viagem, para não perderem tempo com trânsito. Sim, nos EUA também tem engarrafamento! Sugiro também que observem se tem café da manhã incluso (a maioria não tem) e se tem estacionamento (alguns são cobrados à parte). Afinal, provavelmente você alugará um carro. Outra sugestão quanto aos hotéis é que é sempre bom checar os comentários de antigos hóspedes para verificar os pontos fracos e fortes de cada hotel e evitar surpresas desagradáveis. Quanto às casas, há diversos condomínios fechados espalhados pela grande Orlando, principalmente nos arredores da Disney. Costumam ser muito bem localizados e não perdem em nada para os hotéis, já que os parques ficam espalhados mesmo e não há como ficar perto de todos ao mesmo tempo. Em casas de férias você pode comprar alguns itens no Walmart mais próximo e preparar café da manhã (ou todas as refeições), economizando bastante. Também não terá que pagar pelo estacionamento, com bastante segurança.

6) ALUGUEL DE CARRO: Sobre o aluguel do carro, sugiro as empresas maiores, que ofereçam quilometragem livre, todos os seguros e motorista adicional. É totalmente recomendável alugar um carro, pois as distâncias são grandes e as sacolas de compras serão muitas. Na volta, as malas serão imensas… Neste site há uma página específica sobre o assunto, com muitos detalhes importantes sobre o aluguel de carro e sobre o trânsito nos EUA. Para visitá-lo basta clicar aqui.

 7) SEGURO DE VIAGEM: Também é muito importante fazer um seguro de viagem. Lembre-se sempre que seu cartão de crédito internacional, se usado para comprar a passagem, oferece seguro gratuito. Cheque isso! Acho que é o suficiente para viagens comuns. O custo de consultas, remédios e internações nos EUA são uma pequena forturna. Portanto, preocupe-se com o seguro viagem. Se não tiver o do cartão de crédito, faça um outro seguro. Não é caro. O que não vale à pena é querer economizar no seguro viagem, porque é o tipo do “barato que sai caro”. Aliás, caríssimo. Já fiz seguro viagem por algumas vezes pela Assist-Card, que me foi recomendada por um agente de viagens quando fiz intercâmbio nos EUA. Nunca cheguei a utilizar os serviços dessa seguradora, (felizmente), então não posso dizer do serviço em si. É possível fazer cotação e comprar pela Internet. Outra seguradora que já usei foi a Mondial Travel. Esta eu precisei acionar e fui muito bem atendida. Solicitei marcação de consulta urgente, em um domingo. Eles fizeram uma pesquisa para procurar clínicas/hospitais próximos e abertos. Dentro de 2 horas retornaram a ligação, indicando o local onde eu deveria ser atendida. Fui para lá e já tinham recebido um fax da Mondial com meus dados. Excelente atendimento.

8) COMPRA DE DÓLARES: Você precisará comprar dólares. Sugiro uma pesquisa rápida nas principais casas de câmbio da sua cidade e também junto ao banco que você utiliza. No site do Banco Central tem uma lista das instituições que operam câmbio com os valores efetivos por elas praticados. Assim, dá para ter uma idéia de quais costumam oferecer melhores taxas. É sempre bom levar uma parcela do dinheiro em cash, ou seja, em papel moeda e outra em cartões pré-pagos. Infelizmente, agora a alíquota do IOF de 6,38% dos cartões de crédito também se aplica aos cartões pré-pagos. Mas, acho bem complicado levar tudo em dinheiro e ficar tendo o transtorno de carregar grandes quantias diariamente ou a preocupação de deixar dinheiro em cofre de hotel.
As alíquotas do IOF são as seguintes:
0,38% – dinheiro (compra de dólar turismo em bancos ou casas de câmbio)
6,38% – cartão de crédito internacional
6,38% – cartão pré-pago (VTM)
Mas, quanto é preciso levar? Segundo cálculos que costumam fazer por aí (eu também já fiz e é isso mesmo), gasta-se em torno de U$ 50.00 (cinquenta dólares) por dia com alimentação e lazer, por pessoa. Se pretender fazer compras (quem não pretende, né?!) você deve levar a mais o valor que tem disponível para gastar. Observe-se que as despesas com passagens, hotel, aluguel de carro e combustível NÃO estão inclusas nessa estimativa de U$ 50.00 por pessoa, por dia. Esse valor é exclusivamente para alimentação e passeios. É uma média. Se você resolver ir a restaurantes mais requintados, claro que terá que elevar esse valor.

9) CLIMA: É importante verificar as temperaturas do local para onde se pretende viajar, na época pretendida. Também é necessário saber à respeito da quantidade de chuva. Abaixo um quadro demonstrativo da temperatura em Orlando durante os meses do ano. Lá os meses mais quentes são maio, junho, julho, agosto e setembro, quando há incidência de chuvas, principalmente em junho e julho. Os meses mais frios são outubro, novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março e abril, época em que chove pouco.
 No geral, é isso que você precisa saber para dar início ao seu planejamento de viagem. Bon Voyage!!!

 

 

17 Comments

  1. Vanusa

    Muito esclarecedor!!! Parabéns!!!

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Muito obrigada!!
      Ficamos muito felizes em ajudar!

      Reply
  2. rubens

    OI. TUDO BEM ? ACHO QUE É A MINHA 1° VIAGEM. TENHO A IMPRESSÃO QUE O ANO 1986 NÃO SIGNIFICA NADA OU QUASE NADA.
    GOSTEI DA GEOGRAFIA. É O QUE USO PARA VIAJAR.

    DÚVIDA: ESTANDO NOS HOTÉIS DA DISNEY , O TRANSPORTE PARA TODOS OS PARQUES INCLUEM OS AQUÁTICOS?

    GRATO E TUDO DE BOM.

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Oi Rubens!
      Sempre parece a primeira vez, não é mesmo?
      Sim, todos os hotéis e parques são ligados por linhas de ônibus.
      Atenciosamente,
      Denise

      Reply
  3. Claudio Almeida

    Qual o valor da locacao ?

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Olá Cláudio!
      Obrigada pelo interesse.
      Temos casa com diárias a partir de U$ 99 e capacidade para até 8 pessoas.
      Por favor, visite o link a seguir: http://www.brasileirandonoseua.com.br/casas
      Att,
      Denise

      Reply
  4. Jordana

    Perfeito! Amei as dicas! Muito útil, resumido e completo ao mesmo tempo. Show!

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Muito obrigada, Jordana!
      Que bom que as dicas estão sendo úteis… Estou à disposição!
      Abraços,
      Denise

      Reply
  5. George Nunes

    Exelente site, no visual e pelas ótimas dicas.
    Meus parabéns pela iniciativa em ajudar!
    Por favor esclareça: para um homem, além da bagagem de mão de até 5kg, ele poderá levar, algo do tipo, uma mochila?
    Um abraço.

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Oi George!
      Muito obrigada! Que bom que você gostou do site.
      A mochila conta como bagagem de mão e deve obedecer às limitações de peso e dimensões.
      Abraços,
      Denise

      Reply
  6. claudia

    No final de novembro viajarei para Orlando fazendo escala em Miami. Qual o limite do peso de bagagem do voo de Miami para Orlando?

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Claudia,
      Pelo que entendi você comprou passagens para Orlando e o seu vôo faz escala em Miami. Se for assim, o limite de bagagem é de 2 peças por pessoa, sendo cada peça de até 32kg. Também tem direito de 1 peça de bagagem de mão de até 5 kg e que caiba nos compartimentos da cabine do avião. Bolsa feminina não conta.
      Att.,
      Denise

      Reply
  7. Evelyn Oliveira

    Nossa… meus parabéns a vcs por esse site maravilhoso! Muito esclarecedor e dicas fantásticas!

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Muito obrigada, Evelyn!
      Ficamos muito felizes em saber que o site auxilia os viajantes!
      Abraços,
      Denise

      Reply
  8. Cléo

    excelente! completo, detalhado, esclarecedor e visualmente bonito de se ver… Parabéns!!

    Reply
    1. Brasileirando nos EUA (Post author)

      Muito obrigada, Cleo!
      Fico feliz em saber que você gostou… Bjs

      Reply
  9. gian

    O novo site está espetacular. Matérias revisadas. Site visualmente interessante, e melhorando cada vez mais. Parabéns pela dedicação. Nós leitores agradecemos.

    Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *